Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2013

Presente de Natal

E, 74 dias depois, alcancei minha primeira meta: - 15 quilos. Super presente de Natal de mim para mim mesma... Muito feliz!!!! 
Vamos que vamos porque ainda faltam 21!!!

Meu despertar

E, repente, eu me pego sonhando um sonho novo… diferente do que sonhei por toda uma vida. Vejo-me num futuro distante daquele que idealizei.
Está certo, o caminho até aqui foi diferente do que eu esperei, fiz escolhas que me afastaram, talvez, desse tão idealizado “amanhã”. Mas realmente acredito que nada acontece por acaso, penso ter sido a maneira encontrada pelo universo para me colocar novamente na linha da qual me desviei, por algum motivo. E me sinto feliz… como se estivesse, enfim, voltando para casa!
É como um reencontro comigo mesma, depois de uma vida de fugas. Isso me faz mais leve nos sentimentos, segura nas atitudes e forte para ser mais fiel a mim mesma, a cada dia. Hoje tenho a certeza de quem sou e para que existo, e tudo, absolutamente tudo ao meu redor, faz sentido.
Não há mais o que questionar, apenas compreender, aprender e viver intensamente cada segundo.
Meus novos sonhos são mais delineados. E, diferentemente do antigo conto de fadas, são sonhos possívei…

Bupropiona + Naltrexona: Montanha russa em duas cápsulas!

Oi, gente!
Caminhando e cantando... sigo firme na minha busca rumo a vida saudável! No final da semana passada (8/11), comecei a tomar o novo medicamento prescrito pelo meu ortomolecular: Bupropiona + Naltrexona. Logo que tomei a primeira dose, senti muito sono e a cabeça meio "zonza", mas não associei a medicação. No dia seguinte (sábado), não sentia praticamente nenhuma fome. Após o almoço (3a dose), fiquei muito enjoada, a cabeça doía demais... e não demorou muito para começar a vomitar. Nunca tive algo semelhante... muito ruim!!!
Fiquei apavorada! Entrei em contato com meu médico que orientou reduzir a dose para a metade por 1 semana e me explicou (mais uma vez, pois ele já havia explicado no consultório) que são efeitos colaterais do medicamento e em poucos dias passaria. Confiei e segui suas orientações. No quinto dia eu já não tinha quase nenhum efeito colateral e, hoje, dez dias depois, estou ótima e já planejando aumentar a dose como recomendado.
Depois disso fui ler s…

Primeira vitória!

Faz 1 mês que iniciei o tratamento. Não tem sido fácil, mas estou persistindo.  Emagreci 10 quilos... DEZ!!!! Uhuuuuuuu!!!! Muito feliz...
Algumas roupas que não cabiam, já posso vestir... a pressão está normal para baixa (mas ainda com ajuda do remédio), as pernas não incham quase, as dores nos pulsos praticamente sumiram, o sono está tranquilo... Nossa!!! São muitas mudanças positivas que fazem o esforço valer a pena!! 
Queria fazer um "antes e depois" bacana mas infelizmente não tirei foto exatamente quando comecei a dieta. Fiz um com uma foto mais antiga, mas mais ou menos com o mesmo peso... dá pra vocês terem uma idéia...

Tati sem glúten

Quando precisei parar de ingerir alimentos com glúten, pesquisei muito sobre a vida sem gluten. Existem ótimas alternativas... existe um mercado até generoso em termos de oferta de produtos gluten free porém, caríssimos!! Eu, uma pobre enfermeira, precisei encontrar alternativas para não ficar desesperada sem opções. E, a única alternativa foi aprender a fazer tudo em casa!!
Para me sentir apoiada, criei uma página no facebook chamada "Tati sem glúten" com o objetivo de postar meus sucessos e fracassos culinários dessa vida sem gluten, sem sal, sem açucar e sem tubérculos!! A página tem sido um sucesso e me sinto super orgulhosa!!
No Tati sem glúten, posto as fotos com as receitas e suas calorias, graças a um aplicativo para celular que ajuda a calcular calorias a partir dos ingredientes. Além de ser muito bacana ver as pessoas comentando e curtindo, tenho certeza que estou mostrando a outras pessoas que vivem uma rotina alimentar restrita que não precisa ser uma tortura... dá…

De volta!!

Oi, pessoal!
Faz tempo que não passo por aqui... na verdade, tem quase 3 meses!  Nesse período muita coisa aconteceu... e por isso não tive ânimo de vir aqui. Mas agora o ânimo está voltando!!
Pois é... chega uma hora que o corpo cobra tudo que fazemos de mal a ele. Porque seria diferente comigo, não é? Nunca estive tão gorda. A pressão ficou alta, tive que começar a tomar remédio e fiquei péssima comigo mesma. Questionei tanto as minhas escolhas erradas!!! Momento desespero 1.
Esse tempo em que fiquei afastada, foi quase uma reclusão. Precisei me reencontrar porque, de verdade, havia me abandonado há muito tempo!
Processo difícil, doloroso!! Aquele momento em que eu percebi que cuido do mundo ao meu redor, menos de mim... e que comigo, estava sendo um fracasso!!
Mas esse baixo astral não combina comigo e comecei a fazer dieta, com o desejo de mudar de vida! Uma amiga me indicou um médico ortomolecular que está me ajudando demais nesse processo. Como todo gordo, tenho uma super resistência…

Nunca te esquecerei

Pode passar três mil anos Pode beijar outros lábios Posso morrer amanhã Pode secar minha alma Mas nunca te esquecerei
Podem apagar minha memória Podem me roubar a sua história Mas nunca te esquecerei
Como esquecer teu sorriso? Como esquecer seu olhar? Como esquecer que rezava Para que não fosse embora? Como esquecer as suas loucuras? Como esquecer que voava? Como esquecer que ainda te quero?
Mais que viver, mais que nada pode me tirar da sua vida Pode negar que me queria Mas nunca te esquecerei Sabe que nunca te esquecerei
como esquecer que ainda te amo? Mais que viver, mais que nada Pode passar três mil anos Mas nunca te esquecerei

(By Luz dos meus olhos)

Menos

“Eu preciso aprender a ser menos.  Menos dramática.  Menos intensa.  Menos exagerada.  Alguém já desejou isso na vida: ser menos? Pois é. Estranho. Mas eu preciso.  Nesse minuto, nesse segundo, por favor, me bloqueie o coração, me cale o pensamento, me dê uma droga forte para tranqüilizar a alma. Porque eu preciso. E preciso muito.  Eu preciso diminuir o ritmo, abaixar o volume, andar na velocidade permitida, não atropelar quem chega, não tropeçar em mim mesma.  Eu preciso respirar.  Me aperte o pause, me deixe em stand by, eu não dou conta do meu coração que quer muito.  Eu preciso desatar o nó.  Eu preciso sentir menos, sonhar menos, amar menos, sofrer menos ainda.  Aonde está a placa de PARE bem no meio da minha frase?
(Fernanda Young)

Rédea alternativa

Num mundo em que vivo para cuidar de pessoas muito queridas, acabo me esquecendo de cuidar de mim, de viver por mim e o resultado é uma vida compartilhada com várias pessoas queridas.
Claro, sinto-me extremamente amada e tenho a oportunidade de dar o meu melhor a quem amo e a quem a vida me presenteou como família do coração. Como tudo tem uma consequência, a minha é ter uma vida invadida. Todos sabem de tudo e participam ativamente das minhas decisões. E, por mais que eu tente, é quase impossível impedir. Com toda certeza, posso dizer que tenho pouco domínio das rédeas de minha própria vida.
Um dia, algo me interessou. Algo que eu não poderia compartilhar com minha grande família, talvez apenaa com os amigos mais verdadeiros.
Tive medo. Aquele seria meu primeiro segredo de vida… A primeira vez em que eu faria algo que queria muito, tomaria caminhos e decisões por mim mesma… Sem compartilhamento!!
E, acreditem… Foi maravilhoso!! Pela primeira vez, pude me ver como sou. Eu, T…

Contaminada por você

Como uma doença contagiosa, você me infectou e te tirar de mim se tornou um desafio de sobrevivência.É só fechar os olhos para sentir o calor do seu hálito, tão próximo, que posso jurar ser algum tipo de magia.Como uma praga, cada pedaço de mim está impregnado de você. E queimo ao sentir, imaginariamente, seu toque.A cada acontecimento corriqueiro, ouço suas recomendações vindas da enorme preocupação com minha segurança. O que antes parecia exagerado, hoje, a falta me sufoca.Seu olhar ainda atravessa minha alma e tira minha calma.Como se eu fosse programada para desejar somente seu corpo, perco-me buscando, inutilmente, prazer em outro. E me frustro. E maldigo você.Onde estão seus beijos que me tiram do sério? E suas mãos que dolorosamente me saciam com o mais estranho prazer, jamais antes conhecido?Preciso de suas ordens, das suas provocações desafiadoras, do seu elogio e reconhecimento por minha dedicação. Preciso da sua forma tão única de explorar o que há de melhor em mim de forma…

Frio no RJ... aconchego com a Filó!

'' Gosto dos olhares que falam com o meu, mesmo quando nunca dissemos uma palavra... ''

Vera Queiroz.

Jeito de mulher!

"É erótico uma mulher que sorri, que chora, que vacila, que fica linda sendo sincera, que fica uma delícia sendo divertida, que deixa qualquer um maluco sendo inteligente. Uma mulher que diz o que pensa, o que sente e o que pretende, sem meias-verdades, sem esconder seus pequenos defeitos. "

Martha Medeiros

Verdade!

Memória viciada

Hoje senti por um breve momento seu cheiro. Confusa, eu me perdi, na dúvida se era realmente você por perto ou apenas minha lembrança.
Uma fração de segundo e todo o meu corpo se pôs em alerta.
Luta intensa entre a razão, dizendo que não posso mais desejar você, e a emoção, deixando claro em forma de desejo o quanto, apesar de tanto, ainda te preciso.
Respiração acelerada, lágrimas nos olhos e quase pude sentir seu toque em minhas costas, forte e preciso, a me conduzir por caminhos encantadoramente desconhecidos.
Por um breve momento, seu olhar, dominador, se sobrepôs ao meu. Um arrepio cruzou meu corpo e abaixei meu olhar, na tentativa inútil de esconder o quanto você ainda me tem.
Em meu ouvido, sua voz rouca dizendo que sou sua me fez estremecer, ao mesmo tempo em que minha boca relembrou seu beijo e, prontamente, eu me senti em chamas.
Quis te olhar, mas você já não estava ali e, então, pude me dar conta de que tudo não passou da louca memória do meu corpo que, ainda viciado…

Sem criatividade...

Tem um bloqueio criativo em mim. Difícil escrever... ainda mais algo que não seja sobre você ou nós! Ao contrário do meu normal, está difícil traduzir qualquer coisa em palavras...
Saudade, tristeza, admiração, paixão, choro incontido, surpresa, dor, ansiedade... um enorme baile dentro de mim dançando ao som de notas musicais desordenadas.
Tem sido difícil sorrir... e mais ainda disfarçar tudo que vai em mim. Os dias tem sido constantemente nublados... vejo o sol, mas ele nao tem brilho, vejo flores mas nao sinto o cheiro... ouço musicas mas nao a melodia.
Quando meus dias terão graça novamente? Será que esse dia vai chegar?
Como será que anda você... será que sofre também? Me mata essa distância!
E a nossa decisão tão racional... será que foi a melhor? Tenho dúvidas...
Já não sei de nada!!

Saudade

Saudade de te contar coisas corriqueiras, bobeiras de cada dia, de te falar as trapalhadas que faço com meu jeito estabanado de ser.

Saudade da sua gargalhada e ouvir você dizer coisas boas para me fazer acreditar no meu potencial.

Saudade de ouvir suas historias do trabalho ou de algum momento memorável pra você. Saudade da sua voz me dizendo coisas indecentes e até quando vc chama minha atencao. Saudade de te ouvir dizer o quanto sou sua.

Saudade de ver sua foto no celular a cada ligação sua. Saudade de te esperar..

Todo o meu corpo sente saudade de voce... Mas nenhuma saudade é maior do que a do companheirismo e amizade que construímos... E agora já parece tao distante!!

Saudade daquele mundo tão nosso, tao cheio de nós dois... Tao louco!!

Saudade. Daquela que dói...


Queda da fortaleza

Um dia, eu me vi fraca, achei que precisava de uma fortaleza e a encontrei. Era diferente das fortalezas comuns, mas exatamente do jeito que eu esperava… forte, cativante, acolhedora, despertava o melhor de mim. Eu estava incrivelmente feliz!!!
Em minha fortaleza, desabrochei como uma flor, deixei fluir o melhor de mim, meu melhor aroma e a beleza antes escondida. Fui mulher com letras maiúsculas.
Desaprendi como viver fora daquela fortaleza, que me fazia tão bem e deixava tão segura. De alguma forma, não tinha medo de que ela ruísse. Eu me deixei proteger e pela primeira vez na vida abaixei minhas muralhas de defesa.
Devotei tanto amor a essa fortaleza que não percebi que estava forçando suas ranhuras. E, após demonstrar o amor que também sentia por mim, desabou.
Pela segunda vez na vida, fiquei sem chão, sem rumo, frágil e incapaz!! Nunca imaginei ver a fortaleza em queda. Questionei o amor, a força daquela fortaleza… questionei a mim mesma.
Vi a fortaleza se transformar em…

Ida sem volta...

"Você não pode beijar a morte sem que ela te beije de volta. A morte beija apaixonada (...) é louca por você, te ama. (...).
Eu estarei dentro de ti, como um amante. Eu te beijarei por dentro e você vai sentir um calafrio. Você vai sentir seus pelos ouriçarem em suas coxas e arrepios em sua espinha. Eu sou a morte, e quando eu te amo, é pra sempre.
E porque não me amar de volta? A vida é curta! Aproveite o dia! Vá em frente, querida (...) Ria. Viva. Ame enquanto pode. Coma, beba e divirta-se"
Trechos de "Necrophilia Variations" - Supervert.

Respeitar o luto... conselho de amiga!!

Minha amiga Chris hoje está no "modo grossa"...mas me deu um super book de conselhos hoje, depois de me ouvir contar a última burrada sentimental que fiz:
"Não bebe, não se entupa de chocolate, não trabalhe mais do q vc já trabalha, não xingue ele, não compre sapatos, Não saia com o primeiro cara q aparece só por sair. Viva o luto, respeita o sentimento, foi importante mas acabou". 
É... amigos são importantes demais, principalmente os que falam as verdades que mais precisamos ouvir, por mais duras que sejam.

E o mundo parou...

Clima sombrio que acompanha a angustia de não saber o que esperar, nó na garganta, descompasso do peito, frio na espinha. É como se o mundo tivesse em suspensão... Nem parado, nem em movimento, simplesmente esperando e desejando que tudo passe, que volte ao normal!

Coragem de ser eu!

Desde pequena, sou certinha. Trabalho demais, sigo regras, não saio da linha. Sou a exemplar como filha, profissional e cidadã. Faço a minha parte exatamente como manda o figurino. E, fazendo a minha parte, sinto-me cada vez mais sufocada. Sempre sonhando com alguém “daquele jeito”, porém recriminada pelas regras de como deve ser o homem ideal. Sonho com “aquela” situação, mas seria muita falta de pudor vivê-la. Sonho com um lugar, mas frequentá-lo seria fora de cogitação!! Um eterno e sem graça ‘esconde-esconde’, onde me escondo de mim mesma, dos meus sonhos, desejos e anseios. Onde me enterro, cada dia mais, num mundo de falsa moralidade. Um belo dia, como mágica, acordei com uma coragem enorme. Respirei fundo, enchi o pulmão de ar e fui à luta… Eu me permiti fazer tudo o que sempre desejei: saí da linha, dei cada passo do meu jeito meio torto, me despi do pudor, do medo do meu próprio preconceito. Tirei a máscara da mulher perfeita e pude, pela primeira vez, me mostrar e m…

Hoje eu (só) queria...

Querendo só um pouquinho de respeito... com meus momentos (bons e ruins) minha individualidade meus sonhos meu louco querer  e minha vontade insana de poder  simplesmente respirar (em paz). 
É pedir muito numa quarta feira?!  Enfim, bora lá buscar...

Sem mascaras... De verdade!

E lá vai ela; Com um sorriso doce, um olhar forte;
Menina-mulher; Com vontades estranhas, com uma coragem absurda; Corre riscos, encara o perigo; Adora o difícil; Vive como a intensidade da luz; Não tem medos, nem pudores; Coleciona paixões doentias... Amores bobos; Entrega-se aos desejos... às vontades adultas; Pula do alto se tiver a certeza que será, no mínimo, divertido; Chora desesperadamente quando algo sai de seu controle; Menina-mulher... aquela do sentimento puro e da malícia escancarada!

Descobrindo limites...

E como dizia Ayrton Senna: "Quando acho que cheguei no meu limite, descubro que tenho forças para ir além".
Ultimamente, por várias vezes isso tem acontecido... e tenho me surpreendido em como não conheço, REALMENTE, meus limites. O que faz com que suponhamos não poder fazer algo? Será que nossos limites existem na vida real ou são criações da nossa mente?
Tenho pensado muito!!!

Sorriso!!!!

Fechamento de um ciclo com chave de ouro!!

Na 3a feira, meu "ex" hospital recebeu, pelo consul geral do Canadá, o certificado referente a acreditação Canadense. Foi tão legal!!!! Estava tão feliz que parecia meu aniversário!!! Rs...
Na cerimônia estavam presentes um pequeno grupo de pessoas, mas as que mais participaram de todo o processo. Todos sentiam a mesma felicidade e satisfação. Foi íncrível!!!
Um ciclo encerrado, missão cumprida. Agora estou de fato mergulhada em minha nova jornada profissional... novo desafio e que será, da mesma forma, coroado com a vitória da nova equipe que estou tendo o prazer de liderar nesse processo.
Queria muito compartilhar esse momento aqui, no meu cantinho especial!!!!


 Eu e minha antiga equipe. Sim, nós fomos as líderes e mediadoras dessa conquista!! Ao meu lado está a Bruna Pelegrina - que assumiu meu lugar quando fui transferida para o novo hospital. Ao lado da Bruna, está a Juliana, minha ex estagiária e atual analista da qualidade de um dos hospitais do grupo Amil. Duas super pro…

Mudança profissional

Então, depois de 13 anos eu mudei de emprego!!!! A conquista da acreditação canadense me abriu portas e fui transferida para um hospital recém inaugurado cheirando a novinho, também da Amil. E claro, vou prepará-lo para ser certificado também!!
Minha despedida do Totalcor foi super emocionante. Sempre soube ser querida, mas não tinha noção do quanto. Nem preciso dizer que chorei por vários dias, né??





Agora estou me ambientando ao novo hospital, novas pessoas, nova rotina!!Não é fácil, mas é questão de tempo!!!!
Vamos que vamos!!!
Bjs.

Saudade!

A saudade não respeita nossas noites.  Ela grita e faz bagunça na cama para que você não durma antes das três.  Ela não respeita os horários e nem te deixa comer em paz.  É sempre um pensamento inoportuno tirando o foco do trabalho, tirando o foco dos estudos, fazendo você esquecer o que estava fazendo.  A saudade não entende que o dia tem apenas 24 horas e se arrasta dentro de nós como se ele tivesse 73.  Não importam os planos, as ideias e as tentativas.  Nada é capaz de sabotar uma saudade.  Porque sentir é sempre maior do que a gente.
(Camila Heloise)

E fica dito!!!!

Hoje li essa mensagem no facebook. Achei perfeita e quis compartilhar aqui pq é uma tradução do que penso!!!

Bom dia!!!

Lembranças tristes de um passado alegre...

E hoje ao ouvir a música "Andrea Doria" do Legião Urbana, me lembrei de uma frase que meu ex marido sempre escrevia nos cartöes que me dava junto a presentes e flores:

"Pra você que faz dos meus desertos, jardins floridos e dos meus invernos, primaveras."

Essa era uma época em que eu realmente me sentia amada, segura e feliz.... mesmo sendo, no final, tudo falso.

Musica do dia!!

"Não pensa mais nada, no final dá tudo certo de algum jeito. Eu me acerto, eu tropeço e não passo do chão. Pode ir que eu agüento, eu suporto a colisão na verdade na contra-mão. Eu sobrevivo e atinjo algum ponto, eu me apronto pro dia seguinte (...) E ninguém aqui vai notar que eu jamais serei a mesma!!"
Trecho da musica Eu nao me acerto - Zélia Duncan

Blog de utilidade pública!!!

Pessoal,
Um grande médico e amigo lançou um blog muito legal com dicas incríveis sobre saúde, claro. Mas também tem postagens com diversos assuntos bem bacanas.
Passem por lá e deem uma conferida ---->>>> http://alexamorim73.blogspot.com.br/
Super beijos!!!

E você vai duvidando do meu amor...

"" ...Deixa de tolice, veja que eu estou aqui agora
Inteiro, intenso, eterno, pronto pro momento e você cobra
Deixa de bobagem, é claro, certo e belo como eu quero
O corpo, a alma, a calma, o sonho, o gozo, a dor e agora pára
Será que é tão difícil aceitar o amor como é
E deixar que ele vá e nos leve pra todo lugar
Como aqui?..."

(Mais que isso - Ana Carolina)

Frase do dia!!!

É isso... fato real... que fique claro!!!

Esquecer? Como?

"...Eu já ouvi 50 receitas
Prá te esquecer
Que só me lembram
Que nada vai resolver
Porque tudo
Tudo me traz você
E eu já não tenho
Prá onde correr..."
(50 receitas - Leoni )