Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2010

Malu

Na Sexta-feira minha cadela Malú foi sacrificada. Foi uma decisão difícil, dolorida e muito pensada. Ela tinha 16 anos e já não andava, enxergava ou ouvia... de repente parou de comer e ficou muito agressiva mordendo a todos que tentavam ajudá-la. Parece que era uma forma de dizer: "Me deixa!"
Eu e Malu dividimos muitos momentos, com ela eu chorava secretamente... ela tinha muito medo de fogos e como nos últimos 4 anos piorou muito, eu rompi o ano abraçada a ela que mesmo com os tranquilizantes receitados pelo veterinário, tremia e chorava muito. Era minha companheira de reveillón... quantas vezes chorei abraçada a ela, lembrando de coisas que não mais voltavam! Ela lambia minhas lágrimas e me dava cheirinhos, apesar do medo. Definitivamente sentirei falta.
Tenho certeza que Papai do céu a acolheu nos verdes campos dos animais e que minha outra cadela Kika a recebeu abanando o rabo, feliz da vida!!!
Sinto muito que nesses últimos meses eu não tenha cuidado dela como deveria. Ti…

"...Quando penso em alguém só penso em você...

... E aí então estamos bem..."



O amor não tem idade!!!

Ontem fiquei pensando sobre o amor. Mas o amor romântico, apaixonado mesmo! É incrível como o amor deixa uma pessoa adulta, adolescente novamente. Mas não estou falando de mim, apesar de estar amando também!!!
Ontem, encontrei uma pessoa que não via há um tempo, médica, 50 e tantos anos, executiva, profissional incrível, hiper séria. Ao seu lado estava o companheiro, um cara tão incrível quanto ela. A rádio corredor numa empresa é fortíssima, então sabíamos do relacionamento entre eles e sempre questionávamos "como??", já que ambos são bastante diferentes. Estão juntos há poucos anos, são muito discretos. Os vi juntos pela primeira vez ontem...
Incrível como aquela super mulher se torna uma menina ao lado do homem que ama e ele olha para ela de uma forma que demonstra a grandeza do amor que existe ali. Eles se derretem com olhares e sorrisos. Algo mágico, certamente!
Claro que eu gerei uma roda de discussão sobre o amor...rs!!! Com que direito achamos que depois de uma certa id…

No final tudo dá certo!

O dia está lindíssimo, céu azul, temperatura ultra confortável. Acordar com o canto dos passarinhos e o som dos micos pedindo comida é algo fantástico. E isso me fez ver que é preciso levantar a cabeça, empinar o nariz e apesar do inferno que 1 único membro da minha família faz na minha casa, continuar seguindo.
A rádio hoje parece que está tocando as musicas que eu preciso ouvir. Ainda pouco tocou Hand in my pocket, da Alanis. Amo essa música, é o toque do meu celular. Ela diz tanto...

http://www.youtube.com/watch?v=MA9qv1IHbhQ&feature=search

"I'm broke but I'm happy I'm poor but I'm kind I'm short but I'm healthy I'm high but I'm grounded I'm sane but I'm overwhelmed I'm lost but I'm hopeful baby
An' what it all comes down to Is that everything's gonna be fine fine fine
'Cause I've got one hand in my pocket And the other one is giving a high five
I feel drunk but I'm sober I'm young and I'm underpaid I'm tired…

Tomando as rédeas.

"Eu não sou tão triste assim, é que hoje eu estou cansada"
Clarice Lispector Hoje minha casa quase foi ao chão. O tempo fechou. Decidi não mais suportar coisas inconcebíveis. Hoje o limite extrapolou... o respeito acabou e minha tia que é como uma 2a mãe foi muito magoada e não permitirei mais esse tipo de coisa. A partir de agora EU tomei as rédeas da situação. Mas estou triste, pela covardia dele em maltratar uma pessoa maravilhosa de quase 70 anos. Ódio, revolta!!!

Balanço positivo

Minhas férias chegaram ao fim deixando um gosto fortíssimo de "quero mais". Não viajei nem fiz qualquer coisa excêntrica, mas foi muito bom!!! Tirando, é claro, o Vinícius estar em São Paulo. Se não fosse isso teria sido perfeito!!!
Fui muito paparicada pela minha queridíssima mãe. Paparicos que foram do cafuné ao bolo de fubá e mingau de aveia.
Encontrei amigos queridos. Relembrei minha infância. Dei muitos sorrisos!!
Pela primeira vez na vida fui ao cinema sozinha... opa, esqueci da compainha de um belíssimo sorvete!!
Comprei novas roupas para mim e cortinas para casa.
Namorei por telefone por uns 10 dias. Superei (ou quase) minha insegurança com a distância, que me fez ver o quanto ele me faz falta!!!
Fiz uma bela faxina no meu quarto... meu universo particular!! Reli cartas de amor, cartões de aniversário e antigos diários. Revi fotos. Sorri e chorei ao relembrar tantos sentimentos.
Aproveitei minha família, em toda a sua complexidade e imperfeição. Me senti protegida.
Fiquei gr…

Férias acabando!!!

Férias acabando, quinta-feira a realidade nua e crua salta novamente aos meus olhos, mas enquanto 5a não chega.....eu continuo aqui, nessa vida totalmente à toa!!

Hoje tem festa no céu!!! Marize... saudades eternas!!

O tempo não pára! Só a saudade é que faz as coisas pararem no tempo... Mário Quintana





Hoje, se ainda estivesse entre nós, minha amiga Marize faria 36 anos . Certamente seria um dia de muita alegria. Ela adorava comemorações. Adorava ser feliz!! Enquanto escrevo, consigo ouvir, em minha lembrança, a gargalhada gostosa dela. Tem coisas que o tempo não apaga!!
Não há um dia que eu não pense nela. A cada decisão que eu tome me pergunto "o que a Marize faria?". A todo momento, feliz ou triste, sinto sua falta. Falta do abraço, das bronquinhas, dos conselhos, dos desabafos, dos surtos!!! Sinto falta das previsões loucas que ela fazia sobre minha vida. Era brincadeira, mas ela acertou todas!!
Que pena que não podemos nos despedir. Que pena a vida tê-la levado de forma tão brusca e repentina. Daqui a 1 mês completará 5 anos que ela se foi.
Sempre digo e repito que a Marize foi um anjo que o cara lá de cima colocou em meu caminho. E sei que de alguma forma ela continua por perto. Não tenh…

A vida tão simples é boa, quase sempre...

Ontem foi um dia muito bom!!! Logo de manhã fui a minha médica, que confirmou estarmos no caminho certo, estou melhorando e só voltarei ao consultório em Dezembro para revisão. Uffa, que alívio!!! Mas preciso confessar que chegar a Ipanema me fez descobrir que eu não queria estar lá. Amo o que eu faço, mas estou saturada!!
O consultório médico é na mesma quadra do hospital e eu não tive vontade de "dar um pulinho" no hospital e senti um peso por estar por perto. Curioso, pq em todas as férias dava um jeitinho de dar um oi para o pessoal. Acho que é chegada a hora da mudança... preciso refletir!!

De tarde minha amiga Alexandra chegou com a Mariana... ela já vai fazer 1 ano!!! Gente, parece que foi ontem que ela nasceu...




E já está desse tamanhão, começando a andar e a falar pequenas palavras!!! Que linda, né?!



De tarde fez um frio danado. Tirei um cochilo no sofá e acordei com as crianças rindo muito. Fui ver o que era e encontrei o Davi com um casaco meu. Impossível não abrir …

Relembrando amigos de infância

Férias quase acabando, o que é triste. Mas está sendo MUITO bom. Tenho feito coisas simples que não fazia há muito tempo, tipo andar pelas ruas do meu bairro sem destino, só apreciando, relembrando. Nessas andanças, encontrei um amigo de infância: Damião. Sim, ele é gemeo do Cosme!!! kkk

Nos encontramos e claro ficamos um tempão conversando. Ele casou de novo, vai ter mais um filho, Damião saiu do Estado e toma-lhe de falar sobre outros amigos de infância: Laércio, Grazi, etc. De repente uma constatação: Nós crescemos, estamos envelhecendo!!! Que estranho, mas ainda assim que legal!!!Damião começa a ter rugas de expressão, eu tenho cabelos brancos. Falamos mais de assuntos sérios do que de banalidades. Como é curioso...

De um grupo de 10 amigos, somos apenas 4 a manter contato regular (Eu, Damião, Cosme, Laércio e Grazi). Mas ainda falamos com alguns por orkut, facebook, MSN, Twitter. E como é bom manter essas amizades. São pedaços da minha história. Cada um deles representa algo ultra …
"Sou obsessiva. Completamente. De certa forma, creio que essa caracteristica tenha me ajudado a ser quem sou, mas ela é burra no que se refere ao amor. Eu quero que o outro - qualquer um, qualquer um, qualquer um mesmo, quando esse um está disfarçado em nomes proprios - tenha a noção de como seria incrivel viver aquele um- pouco- a mais comigo. Os meu desejos... Os meus prazeres... Os meus segredos... As minhas taras ... As minhas reticências... Mas a minha maior burrice é não perceber que não ter esses momentos não significa que nada disso exista. E existir é o melhor que tenho a fazer, ponto. Posso estar bem comigo mesma." (Fernanda Young)


Dia dos Pais. Dia complexo para mim.

Dia dos Pais. Essa não é uma data simples para mim...
Lembrar meu pai me faz analisar o que ele representa para mim como pai. Eu o amo demais, mas ele sempre esteve distante. Muito por conta de sua opção religiosa, mas isso nunca me fez senti estar em segundo plano para ele.
Admiro-o pelo sacerdote que é (apesar de não ter a mesma opção religiosa escolhida por ele) e por todas as coisas boas feitas por ele em consequencia dessa posição. Ele tem um papel muito importante em sua comunidade. Faz muita caridade, presta cuidados as pessoas, ajuda a todos. Difícil contar quantos adolescentes perdidos no mundo das drogas e da bandidagem eu vi abrigados em sua casa e por ele amados, recuperados e hoje são homens de bem!!
É, certamente foi um pai brilhante para esses jovens. É admirável. E Deus, para compensar ter que dividí-lo me deu uma super mãe!!!
Essa é, definitivamente, uma data complexa para mim. Me lembra que ele está longe, o quanto ele me faz falta e o quanto eu gostaria de tê-lo pres…

Sei lá...

Hoje eu me sinto, particularmente sozinha. E só consigo me lembrar daquele trechinho da música do Red Hot Chili Peppers que diz:

 "...Sometimes i feel like i don't have a partner. Sometimes i feel like my only friend is the city i live in..."

Férias!!!!!

Enfim, Férias!!!!
15 dias apenas, mas o suficiente para eu descansar, não ter que sorrir para quem não tenho vontade, não ter que dar bom dia 200 vezes, não ter que ceder ao que acho certo por puro respeito a hierarquia, não me preocupar com tanta coisa. 

15 dias sem que eu tenha que obrigatoriamente me maquiar, sem que tenha que acordar cedo por obrigação, não ter que analisar indicadores nem mandar 80 e-mails por dia.

15 dias de férias dos 95% de mim que só trabalha e pensa em trabalho, para balancear os pneus, checar o óleo, cuidar de mim.

E como não vivo sem me planejar, nesses 15 dias terei a deliciosa obrigação de:

1. Descansar... do tipo dormir muito!!!


2. Dar muita atenção a minha mãe e tia. Tirar um dia só para nós 3 e fazer coisitas bem legais.

3. Namorar muito!!! Aproveitar a semana em comum que eu e Vinícius temos.

4. Cuidar de mim: Acho que um dia inteirinho no salão resolve!!!

5. Intensificar minha rotina de caminhada

6. Terminar de fazer meus exames

7. Ir a Petrópolis renovar minh…

Humilhação dói!

Há 24 horas eu choro sem parar. Choro de humilhação. Choro de tristeza. Chorar significa que uma dor não cabe no peito e transborda, em forma de lágrimas, foi a definição que ouvi uma vez no filme Cidade dos Anjos, que tanto gosto.
Humilhada foi como me senti ontem. De repente alguém me mostrou qual é o meu lugar: um cantinho bem pequeno, imundo, asqueroso e com portas bem trancadas para garantir que eu não saia de lá. Fui um incômodo. E ficou bem claro. Racionalmente eu sei as pessoas humilham para não se sentirem humilhadas. Mas emocionalmente eu nada sei!! Apenas me senti um subnitrato de pó de titica.
Sei mesmo que ontem eu enfrentei o desconhecido: eu mesma. Minha fraqueza, minha emoção mais abafada e soterrada, que eu diria com segurança: "já superei". Mas a descobri para sempre adormecida. E ontem ressurgiu, impiedosa, mostrando o meu devido lugar.
Não falei sobre isso com ninguém, exceto minha mãe, que a tudo presenciou e ainda me sustenta a cada lágrima que insiste em …