Pular para o conteúdo principal

Relembrando amigos de infância



Férias quase acabando, o que é triste. Mas está sendo MUITO bom. Tenho feito coisas simples que não fazia há muito tempo, tipo andar pelas ruas do meu bairro sem destino, só apreciando, relembrando. Nessas andanças, encontrei um amigo de infância: Damião. Sim, ele é gemeo do Cosme!!! kkk


Nos encontramos e claro ficamos um tempão conversando. Ele casou de novo, vai ter mais um filho, Damião saiu do Estado e toma-lhe de falar sobre outros amigos de infância: Laércio, Grazi, etc. De repente uma constatação: Nós crescemos, estamos envelhecendo!!! Que estranho, mas ainda assim que legal!!!Damião começa a ter rugas de expressão, eu tenho cabelos brancos. Falamos mais de assuntos sérios do que de banalidades. Como é curioso...


De um grupo de 10 amigos, somos apenas 4 a manter contato regular (Eu, Damião, Cosme, Laércio e Grazi). Mas ainda falamos com alguns por orkut, facebook, MSN, Twitter. E como é bom manter essas amizades. São pedaços da minha história. Cada um deles representa algo ultra especial para mim.





Me lembrei do jardim de infância, em que Cosme e Damião usavam sempre a mesma jaqueta. Sempre estavam iguais. Só conseguia diferenciar os dois por uma mancha mais escura que o Damião tem no pescoço. Hoje em dia já os diferencio só de olhar!!! Passamos muitas coisas juntos. Dividimos histórias. Tenho com o Damião uma intimidade ímpar... afinal, vomitei nele quando era do C.A. kkkk


Lembro do dia que conheci a Grazi. Estávamos na 2a série e a mãe dela tinha acabado de falecer. Eu queria fazer muitas perguntas a ela sobre como é ficar sem mãe, mas não fiz, pois minha mãe já tinha me advertido absurdamente quanto a isso. Ficamos amigas. Melhores amigas. Grazi tinha uma vida familiar complexa. Acabou vindo morar em minha casa. Imagina o sonho de ter sua melhor amiga morando com vc??? Dividimos molecagens, medos, anseios. Compartilhamos as experiências do primeiro amor, da primeira transa, da primeira decepção. Grazi casou, se formou e é uma excelente advogada!!

Laércio era um repetente ultra popular na escola. Sempre adorei as pessoas populares e queria muito ser amiga dele. Até que ele repetiu de ano mais uma vez e foi para minha turma. Viramos uma turminha. Ele estava sempre sorrindo, mas tinha uma história de vida muito sofrida. Aos poucos fui conhecendo um pouco mais de sua vida. Ele superou tudo e hoje é um profissional destacado. Casou, teve uma filhota linda. Quando me separei queria um abraço dele. Sabia que ele me diria algo que faria sentido. Mas não tínhamos mais contato. Até que uns meses depois ele apareceu pq ficou sabendo da separação. Me fez chorar muito com aquele abraço polvo e com o que me disse. Mas fez uma diferença enorme para mim!!!


Tem tantas outras pessoas queridas que na minha infância fizeram diferença:
Alexandre (foi meu primeiro amor)
Carlinha (era apaixonada pelo meu irmão)
Jair (acabamos nos casando e separando)
Jupiara (com ela aprendi muitas coisas, ela era tão madura. Gostaria de revê-la!)
Joel, Silvia, Luci.
Tark (era um apelido. Ele pixava muros e era da torcida do Flamengo, para desespero da minha mãe), Valéria (a criatura mais inteligente que já conheci. Hoje mora em NY)
Entre tantas outras pessoas...

Queria poder rever cada um deles. Estilo a cena do filme Titanic, em que na lembrança de Rose ela reencontra as pessoas que fizeram diferença para ela no navio.
Eita... mega momento nostalgia!!!







"Quando rever é reviver preciso reviver, eu bem sei, mesmo que só na lembrança,
voltar à minha antiga casa, rever a minha infância
 e todos os momentos felizes que lá passei."
Clarice Pacheco

Comentários

  1. Tati querida,
    Amei seu relato contando um pouquinho como foi sua infância! Realmente esta é uma época repleta de coisas deliciosas, né? Ainda mais se temos amigos por perto!
    Se eu tivesse te conhecido na infância, com certeza adoraria ser sua amiga!
    Como adoro hoje!!!
    Um super beijo! Parabéns, texto muito bom como sempre!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Bupropiona + Naltrexona: Montanha russa em duas cápsulas!

Oi, gente!
Caminhando e cantando... sigo firme na minha busca rumo a vida saudável! No final da semana passada (8/11), comecei a tomar o novo medicamento prescrito pelo meu ortomolecular: Bupropiona + Naltrexona. Logo que tomei a primeira dose, senti muito sono e a cabeça meio "zonza", mas não associei a medicação. No dia seguinte (sábado), não sentia praticamente nenhuma fome. Após o almoço (3a dose), fiquei muito enjoada, a cabeça doía demais... e não demorou muito para começar a vomitar. Nunca tive algo semelhante... muito ruim!!!
Fiquei apavorada! Entrei em contato com meu médico que orientou reduzir a dose para a metade por 1 semana e me explicou (mais uma vez, pois ele já havia explicado no consultório) que são efeitos colaterais do medicamento e em poucos dias passaria. Confiei e segui suas orientações. No quinto dia eu já não tinha quase nenhum efeito colateral e, hoje, dez dias depois, estou ótima e já planejando aumentar a dose como recomendado.
Depois disso fui ler s…

Pitiríase rósea de Gilbert... eu tenho isso!!!

Há 2 semanas surgiu uma mancha nas minhas costas, parecendo uma alergia. Passei pomadinha qualquer e deixei p/ lá. 1 semana depois ela estava maior e apareceram outras iguais, mas menores. Fui ao dermatologista e fui diagnosticada com Pitiríase rósea de Gilbert. Dura de 2 a 8 semanas e cura espontaneamente. Não se sabe ao certo porque aparece, só que não é contagiosa.

Cura sozinha... mas coça desesperadamente!!!! Um inferno. Sem contar que o aspecto é de pereba... me sinto uma mulher perebenta!!!! Perebas nas costas, nas pernas, nos seios, na barriga e nos braços... ai.... Auto estima no chão!!!!!!! Abaixo uma foto que peguei na internet, pq não quero mostrar as minhas perebinhas. Mas assim vocês podem ter idéia do que é... rs!!!


Primeira vitória!

Faz 1 mês que iniciei o tratamento. Não tem sido fácil, mas estou persistindo.  Emagreci 10 quilos... DEZ!!!! Uhuuuuuuu!!!! Muito feliz...
Algumas roupas que não cabiam, já posso vestir... a pressão está normal para baixa (mas ainda com ajuda do remédio), as pernas não incham quase, as dores nos pulsos praticamente sumiram, o sono está tranquilo... Nossa!!! São muitas mudanças positivas que fazem o esforço valer a pena!! 
Queria fazer um "antes e depois" bacana mas infelizmente não tirei foto exatamente quando comecei a dieta. Fiz um com uma foto mais antiga, mas mais ou menos com o mesmo peso... dá pra vocês terem uma idéia...