Pular para o conteúdo principal

Adeus, Vovó!



Ando longe do Blog. E, ao abrir a página depois de tanto tempo, me deparo com a ultima postagem sobre o dia das avós quando a minha avó foi o motivo que me trouxe de volta aqui.

Minha amada, linda e incrível avó voltou para o céu há 9 dias. Tenho muito a agradecer por te-la tido até os meus 37 anos. Por ter aprendido tanto e por continuar aprendendo após sua partida. Foram 94, quase 95 anos de uma vida de muita superação, provação, dedicação, amor ao próximo e alegria!

Ontem, após a missa de 7º dia, fomos desfazer o quarto dela e separar as coisas que ficaríamos, o que seria doado, etc. Me surpreendi ao ver a intimidade dela com tanta riqueza de detalhes. Me vi em muitas miudezas de manias, mas o mais importante de tudo, encontramos cadernos de anotações, pequenos e passageiros diários. Ficou claro que daí veio meu vício em escrever... longe de uma escrita profissional, apenas um desejo profundo de por em palavras o que sinto.

Nesse diário, tem passagem da vida de toda a família desde 1971 até 1992, escritos de forma muito simples. Do nascimento de quase todos os netos e do bisneto mais velho até as mudanças de emprego dos filhos, passando por diversas dificuldades, conquistas, sofrimentos, falecimento de pessoas queridas.Uma relíquia. Ao menos para mim!!

Ontem, num primeiro momento me chocou ver a vida da vovó sendo vasculhada por nós. Me fez ver que tudo o que guardamos e nos orgulhamos materialmente não servem de nada, afinal fica tudo aí! Mas em seguida percebi que ali estavam guardados momentos de uma vida inteira. Lembranças e mais lembranças. Que, afinal de contas, é o que fica.

Meu pai recebeu um grande presente. Encontramos um cartão que ela escreveu pra ele e nunca deu. Nesse cartão, estava tudo que meu pai sempre quis ouvir dela em vida. E, talvez, só tenha faltado a ela coragem para dar a ele. Ou quem sabe, memória para lembrar que o escreveu. Nunca saberemos! Mas... foi lindo!!

Apesar da dor da saudade e da tristeza de saber que nunca mais sentirei aquele cheirinho de alfazema com talco ou terei aquelas mãos enrugadas segurando meu rosto para dar beijinhos repetidos ou ouvirei todo domingo por telefone aquela voz dizendo “que Jesus te proteja. Um beijo no seu coração”, me sinto honrada e agradecida pelo privilégio de poder ter aprendido tanto com ela, em especial, nos últimos 10 anos de vida. Sei que agora terei o poder da oração dela multiplicado por infinito porque do lado do cara lá de cima deve ser mais potente, né?

Fato é, na minha história de vida,  esse é um marco. Antes da vovó morrer e depois da vovó morrer. Porque a vida nunca mais será a mesma sem ela!!

Muita luz para ela lá em cima, junto do meu amor eterno!!




Comentários

  1. adorei seu blog, to seguindo ! :) http://coisadeumagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá,boa tarde! MEus sentimentos!
    Gostaria de conversar contigo a respeito do remedio bupropiona,consegue conversar por email? marianaroots@hotmail.com Aguardo retorno o mais rapido possivel! Abraços

    Mariana!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Bupropiona + Naltrexona: Montanha russa em duas cápsulas!

Oi, gente!
Caminhando e cantando... sigo firme na minha busca rumo a vida saudável! No final da semana passada (8/11), comecei a tomar o novo medicamento prescrito pelo meu ortomolecular: Bupropiona + Naltrexona. Logo que tomei a primeira dose, senti muito sono e a cabeça meio "zonza", mas não associei a medicação. No dia seguinte (sábado), não sentia praticamente nenhuma fome. Após o almoço (3a dose), fiquei muito enjoada, a cabeça doía demais... e não demorou muito para começar a vomitar. Nunca tive algo semelhante... muito ruim!!!
Fiquei apavorada! Entrei em contato com meu médico que orientou reduzir a dose para a metade por 1 semana e me explicou (mais uma vez, pois ele já havia explicado no consultório) que são efeitos colaterais do medicamento e em poucos dias passaria. Confiei e segui suas orientações. No quinto dia eu já não tinha quase nenhum efeito colateral e, hoje, dez dias depois, estou ótima e já planejando aumentar a dose como recomendado.
Depois disso fui ler s…

Pitiríase rósea de Gilbert... eu tenho isso!!!

Há 2 semanas surgiu uma mancha nas minhas costas, parecendo uma alergia. Passei pomadinha qualquer e deixei p/ lá. 1 semana depois ela estava maior e apareceram outras iguais, mas menores. Fui ao dermatologista e fui diagnosticada com Pitiríase rósea de Gilbert. Dura de 2 a 8 semanas e cura espontaneamente. Não se sabe ao certo porque aparece, só que não é contagiosa.

Cura sozinha... mas coça desesperadamente!!!! Um inferno. Sem contar que o aspecto é de pereba... me sinto uma mulher perebenta!!!! Perebas nas costas, nas pernas, nos seios, na barriga e nos braços... ai.... Auto estima no chão!!!!!!! Abaixo uma foto que peguei na internet, pq não quero mostrar as minhas perebinhas. Mas assim vocês podem ter idéia do que é... rs!!!


Primeira vitória!

Faz 1 mês que iniciei o tratamento. Não tem sido fácil, mas estou persistindo.  Emagreci 10 quilos... DEZ!!!! Uhuuuuuuu!!!! Muito feliz...
Algumas roupas que não cabiam, já posso vestir... a pressão está normal para baixa (mas ainda com ajuda do remédio), as pernas não incham quase, as dores nos pulsos praticamente sumiram, o sono está tranquilo... Nossa!!! São muitas mudanças positivas que fazem o esforço valer a pena!! 
Queria fazer um "antes e depois" bacana mas infelizmente não tirei foto exatamente quando comecei a dieta. Fiz um com uma foto mais antiga, mas mais ou menos com o mesmo peso... dá pra vocês terem uma idéia...